12 de fev de 2015

Desculpa, sou anti social.

Olá pessoas lindas e maravilhosas...

Vim aqui pra falar de um assunto bem sério e pessoal, minha personalidade!
Eu sou uma pessoa extremamente fechada, tenho horror a festas,detesto  reunião de família do tipo que reúne tio, primo, vô , marido da tia, sobrinho do irmão,primo do primo, e o caralho a 4.
Tenho pavor de visitas,  não suporto"fazer sala" , detesto acordar e ter gente na sala conversando mesmo que seja parente, odeio ter aquele tipo de conversa "passa tempo", ou seja, odeio me relacionar com pessoas .

Então isso aqui pra mim nada mais é que um prazer, eu gosto de escrever, eu gosto de ler, eu gosto de aprender coisas, de compartilhar coisas que eu sei fazer, ou que eu estou tentando aprender, com o único objetivo de adquirir  conhecimento  e contar histórias pra que talvez possa auxiliar alguém que passe pelas mesmas dificuldades que eu.
Não busco atenção, eu não busco fama, ao menos que ela venha por mérito , ninguém da minha família a não ser o meu marido tem conhecimento do meu blog e do meu canal no YouTube, meus 65 seguidores do blog e meus 170 do canal eu conquistei sozinha e acredito que por estar falando sobre coisas que essas pessoas querem saber, não simplesmente pra gerar números.
Acredite , quando comento no seu blog ou na sua resposta é porque eu me importo, não comento nada só pra ser lembrada, cada um de vocês que eu acompanho são importantes para o meu aprendizado, obrigada por existirem S2
Sempre gostei de coisas underground, até as músicas eletrônicas que eu ouço são underground, essa é minha personalidade, eu não vou mudar , não vou me tornar sociável pra agradar ninguém, a vida é uma só e eu vou fazer só o que eu tiver vontade.
Foda-se se nunca vou ter 100,000,00 inscritos no meu canal, foda-se se não vou ganhar dinheiro com o blog, eu faço isso porque eu gosto e acredito que posso aprender muito com pessoas simples que fazem coisas por amor a arte assim como eu.

.

Sinceramente eu não sei de onde partiu essa minha tendência a misantropia, se foi o fato de eu não confiar em pessoas por ter sofrido um trauma grande na infância, ou se por eu ter sido gorda a minha vida toda e ter na cabeça que o mundo me odeia eu vou odiar o mundo também, ou se por eu odiar todo mundo eu resolvi ser gorda pra ninguém querer se aproximar de mim e assim ter a desculpa de que eu odeio o mundo porque o mundo me odeia quando na verdade eu que odeio o mundo e só uso isso como disfarce. São questões que eu acho que só o tempo vai responder, por enquanto eu só sei dizer que se eu vejo um pessoa conhecida vindo na minha direção,eu troco de calçada e finjo que não vi...  saio dando risada por poder ficar no meu mundinho, sem interrupções de falas abobadas de coisas que não me interessam com pessoas falsas que só querem um motivo pra falar abobrinha sobre pessoas que elas mal conhecem.

Desculpa, mas eu não me importo com nada que não me acrescente realmente alguma coisa.

Essa sou eu!

Editado em 19/09- Na verdade eu sofro de ansiedade e isso me afasta das pessoas.
ansiedade

4 de fev de 2015

Vanessa Braga , a menina que deu um tapa na cara da sociedade.

oi gente linda e maravilhosa.
Vocês já devem ter ouvido falar dessa menina, a Vanessa, ela tem 14 anos, é gorda , mora em canguçu , tinha uma vida bem tranquila até que foi incentivada pela mãe a participar do garota verão , um concurso de beleza aqui do RS.
A menina que não tem computador e nem televisão , disse  que a mãe ouviu a noticia no rádio e disse pra ela ir participar porquê segundo ela a filha é muito bonita, mas a menina retrucou, dizendo que é gorda e que não tem perfil pra esse tipo de coisa, mas a mãe dela foi firme e acabou a convencendo.
Vanessa aceitou, comprou um biquíni bem brasileiro , vestiu, se armou de muita auto confiança e enfrentou a torcida inteira que estava ali pra ver meninas perfeitas.
Vanessa braga, gorda no garota verão

Ela revelou que quando entrou todo mundo começou a chamar o nome dela e aplaudir, fazendo com que sua confiança dobrasse de tamanho.
Ganhou muita fama e repercussão nas redes sociais.
  E já avisou aos novos fãs, ano que vem ela vai de novo.

O que eu tenho a dizer sobre isso, eu sou extremamente contra concursos de beleza onde o critério é ser bonita naturalmente, e que só os teus atributos genéticos ficam em evidência, ninguém merece prêmio por não ter feito esforço nenhum, acho uma grande injustiça e uma grande futilidade, a beleza é relativa, pra mim 90% daquelas meninas que estão lá não são bonitas, e sim MAGRAS.
A beleza está longe de ser definida por tipo físico, beleza está no olhar, no sorriso, na forma de se expressar, na forma como usa o cabelo, na forma com que você escolhe uma roupa que te valoriza, beleza tem a ver com personalidade, com humor, com amabilidade.
Muitas dessas meninas só por estarem dentro do padrão de concurso acabam se tornando meninas chatas, preconceituosa e de cara fechada, e por isso, mesmo estando com o corpinho em dia se tornam pessoas feias.
Magreza não é sinônimo de beleza, e nem gordura sinônimo de feiura, a mãe dessa menina foi um pouco irresponsável ao meu ver por ter exposto uma criança de 14 anos a uma situação assim, claro , correu tudo bem, o pessoal apoiou e aplaudiu, mas pensem , quem vai em concurso de beleza já vai esperando ver as perfeitinhas, e a maioria são da família dessas perfeitinhas, se caso eles tivessem vaiado e ofendido a menina que estava lá na inocência desfilando, com certeza seria um trauma irreparável.

Então, eu queria dizer pra ela e pra todas as meninas que não tem o perfil "padrão de beleza" o seguinte:
Vocês não precisam desfilar pra serem consideradas bonitas, vocês são lindas cada uma à sua maneira, mas infelizmente esses concursos não procuram beleza e sim um padrão quase que irreal que poucas herdaram ,e no fim, o que importa mesmo é o que tem dentro .
Por mim não existiriam esses concursos.

É isso, o que vocês acharam sobre essa história?